Nome Científico: Erinaceus europaeus

Nome Comum: Ouriço-cacheiro

Classificação Científica:
Reino Animalia
Filo Chordata
Classe Mammalia
Ordem Erinaceomorpha
Família Erinaceidae
Género Erinaceus
Espécie E. europaeus

Estatuto de Conservação: LC - Pouco Preocupante

É o único mamífero do país que possui o corpo (zona dorsal e flancos) coberto por espinhos compridos e aguçados (são pêlos modificados), de tons acastanhados e com anéis mais escuros. A cabeça e a zona ventral estão cobertas por pêlo espesso, com tonalidades entre o castanho-claro e o creme. Na cabeça: orelhas pequenas; focinho pontiagudo; olhos pretos. Os membros são curtos, assim como a cauda (rudimentar). Perante uma ameaça, como táctica defensiva enrola-se sobre si próprio e forma uma bola, deixando expostas apenas as zonas cobertas de espinhos.

Espécie de hábitos essencialmente nocturnos, ocorre numa variada gama de habitats naturais, de entre os quais as florestas de folha caduca, os pré-bosques e os matos; e habitats de origem antrópica como pastagens, prados, campos agrícolas, jardins e parques urbanos. Escava tocas onde hiberna durante o Inverno.

Em Portugal é relativamente abundante, ocorrendo em todo o território continental. Foi introduzido nos Açores.

> Atropelamento (principalmente durante o Verão)
> Destruição ou redução do habitat
> Pesticidas (utilizados nas áreas agrícolas)
> Caça ilegal (por vezes, utilizado como alimento)

Sem medidas a destacar.

Ligações Externas