Nome Comum: Erva-abelha

Nome Científico: Ophrys apifera Huds.

Classificação Científica:
Reino Plantae
Divisão Magnoliophyta (Angiospermae)
Classe Liliopsida
Ordem Asparagales
Família Orchidaceae
Género Ophrys
Espécie O. apifera

Estatuto de Conservação: NE - Não Avaliado

Planta pouco comum. Caule: normalmente robusto, com 20 a 40 (máx.70) cm de altura; brácteas maiores do que as flores. Folhas: linear-lanceoladas. Inflorescência: flores grandes, dispostas em espiga, de 3 a 10 (máx. 12); sépalas oval-lanceoladas, rosadas, brancas ou purpúreas, a dorsal acentuadamente rebatida para trás; pétalas pequenas, triangulares, pubescentes, esverdeadas ou rosadas, dirigidas para a frente. Labelo profundamente trilobado, castanho-avermelhado ou castanho-escuro, pilosidade submarginal acastanhada ou esbranquiçada; lobos laterais cónicos e curtos, com densa pilosidade castanho-esverdeada; lobo médio globoso; mácula frequentemente bilobada, bordada de amarelo-esverdeado; campo basal com duas pintas escuras, brilhantes. Ginosténio muito desenvolvido; apêndice basal esverdeado. Nesta espécie ocorre por vezes autogamia. A época de floração vai de Abril a Junho.

Nota: A polinização desta planta é feita, exclusivamente, por abelhas Eucera nigrilabris, que são atraídas pelo odor e pela forma da flor, que imita a fêmea desta espécie.

Ocorre sobre solos alcalinos ou pouco ácidos, de secos a frescos, em espaços com pouca vegetação.

Distribui-se pelo centro e sul da Europa, norte de África e Médio Oriente, podendo ser encontrada ao longo do território de Portugal continental.

Onde se pode encontrar:

Parque Natural do Sudoeste Alentejano e Costa Vicentina
Parque Natural do Vale do Guadiana



Sem ameaças a destacar.

Sem medidas a destacar.

Ligações Externas

MITRA nature | ICAAM - Universidade de Évora
Biodiversidade da Herdade da Mitra

Ver descrição detalhada na Flora iberica (1986-2012)

Flora-On: Flora de Portugal Interactiva (2014) | Sociedade Portuguesa de Botânica.

Autor: José Brites Monteiro Validado por: