Nome Científico: Juniperus turbinata

Nome Comum: Sabina-da-praia, zimbro-das-areias, zimbreiro

Classificação Científica:
Reino Plantae
Divisão Pinophyta (Gimnospermae)
Classe Pinopsida
Ordem Cupressales
Família Cupressaceae
Género Juniperus
Espécie J. turbinata

Sinonímias: Juniperus phoenicea turbinata

Estatuto de Conservação: NT - Quase Ameaçado

Arbusto ou árvore de pequeno porte (até 5 m). Ritidoma: esfoliado em camadas delgadas. Folhas de dois tipos: as juvenis são aciculares com duas faixas brancas de estomas em ambas as páginas, triverticiladas; as adultas são escamiformes e ovadas. Trata-se de uma espécie dióica com estróbios masculinos nos ápices dos raminhos; inflorescências axilares. Fruto: gálbulas globosas, vermelho escuras quando maduras; sementes em número de 3 a 9. Quando é dominante dá origem aos zimbrais.

No litoral ocorre nos matagais xerófilos em dunas estabilizadas e arribas litorais; no interior ocorre em vertentes termófilas rochosas, afloramentos calcários e em vales ribeirinhos encaixados. Tem preferência por locais secos e soalheiros.

Vasta distribuição mediterrânica e macaronésica. Em Portugal continental é espontânea para sul do Cabo Mondego. Autóctone mas raro no arquipélago da Madeira.

Onde se pode encontrar:

Parque Natural do Sudoeste Alentejano e Costa Vicentina
Reserva Natural do Estuário do Sado
Parque Natural do Vale do Guadiana


> Alteração do habitat por pressão antrópica (urbanização das faixas costeiras)

Sem medidas a destacar.

Ligações Externas

Ver descrição detalhada na Flora iberica (1986-2012)

Flora-On: Flora de Portugal Interactiva (2014) | Sociedade Portuguesa de Botânica.

Autor: Jorge Araújo