Nome Científico: Colobopsis truncata (Spinola, 1808)

Nome Comum: Formiga

Classificação Científica:
Reino Animalia
Filo Arthropoda
Classe Insecta
Ordem Hymenoptera
Família Formicidae
Género Colobopsis
Espécie C. truncata

Sinonímias: Camponotus fuscipes, C. truncatus, Colobopsis fuscipes, Formica fuscipes

Estatuto de Conservação: NE - Não Avaliado

Trata-se de uma espécie monogínica e polimórfica, caracterizada pela existência de uma casta de obreiras denominadas "porta" ou "guarda", que têm a parte anterior da cabeça em forma de disco plano, utilizada como porta das galerias que dão acesso ao interior da colónia. Tem cerca de 3 a 6 mm, sendo que a rainha podem atingir os 7 mm de comprimento. A cabeça e o tórax exibem uma tonalidade que vai do avermelhado ao castanho; o abdómen varia do castanho ao preto.

É uma espécie arborícola obrigatória, podendo também ser encontrada em pedaços de madeira morta no solo. Ocorre em florestas mais ou menos densas, tais como sobreirais, azinhais, carvalhais, entre outras.

Distribui-se, praticamente, por todo o continente europeu (ver a distribuição mundial da espécie no separador "Saber mais"). Em Portugal continental ocorre na maior parte do território.

Onde se pode encontrar:

Parque Natural do Sudoeste Alentejano e Costa Vicentina
Reserva Natural do Estuário do Sado
Parque Natural do Vale do Guadiana
Parque Nacional da Peneda-Gerês
Parque Natural da Serra de São Mamede
Parque Natural de Montesinho




Sem ameaças a destacar.

Sem medidas a destacar.

Ligações Externas

Distribuição mundial da Colobopsis truncata

Autor: Eduardo J. G. Sequeira