Nome Científico: Orthetrum coerulescens

Nome Comum: Ortétrum-dos-ribeiros

Classificação Científica:
Reino Animalia
Filo Arthropoda
Classe Insecta
Ordem Odonata
Família Libellulidae
Género Orthetrum
Espécie O. coerulescens

Estatuto de Conservação: LC - Pouco Preocupante

O macho maduro distingue-se pelo abdómen azul pálido, sem ponta preta (ao contrário de outras espécies semelhantes). Os olhos apresentam tonalidades azul-turquesa, com manchas mais escuras. Em ambos os sexos, o tórax caracteriza-se pela presença de faixas antehumerais pálidas (inexistentes noutras espécies semelhantes). Nas asas, os pterostigmas são grandes e de cor amarelo-alaranjada ou mesmo âmbar. As patas são escuras. A fêmea apresenta tonalidades que vão do castanho-pálido no tórax ao dourado no abdómen, que apresenta uma lista central negra em toda a sua extensão. Os olhos têm tons mais pálidos que os do macho. As asas são tingidas de amarelo na região anterior e apresentam pterostigmas idênticos aos do macho. Os machos imaturos podem ser semelhantes às fêmeas.

Frequenta ecossistemas lóticos, bem oxigenados, tais como pequenos ribeiros com alguma corrente.

Ocorre em todo o território continental português, podendo ser abundante a nível local.

Sem ameaças a destacar.

Sem medidas a destacar.

Ligações Externas