Nome Científico: Lamium bifidum Cirillo

Nome Comum: n/a

Classificação Científica:
Reino Plantae
Divisão Magnoliophyta (Angiospermae)
Classe Magnoliopsida
Ordem Lamiales
Família Lamiaceae
Género Lamium
Espécie L. bifidum

Sinonímias: Lamium bifidum subsp. bifidum, L. bifidum var. cryptanthum, L. cryptanthum, L. panormitanum

Estatuto de Conservação: NE - Não Avaliado

Planta herbácea anual. Caules: ascendentes ou decumbentes, simples ou ramificados na base, com 15 a 35 cm, quase desprovidos de pelos na base e pubescente na parte restante. Folhas: ovado-triangulares ou vagamente cordiformes, crenado-dentadas, mais ou menos acuminadas, com pecíolos de 2 a 4 cm, mais longos do que o limbo ou igualmente longos. Inflorescências: 2 a 6 verticilastros, cada um com 8 a 16 flores com corola tubular branca, com lábio superior bífido e mais comprido do que o inferior, apresentando manchas purpúreas; brácteas triangulares ou ovado-triangulares com pecíolos de 15 mm ou menos; bractéolas lineares, pubescentes; cálice verde-claro, por vezes tingidos de púrpura; androceu compreendendo estames com filetes pubescentes, com pelos glandulares na metade superior; anteras purpúreas e pólen amarelo; gineceu com estigmas bífidos, de braços desiguais. Floresce de Fevereiro a Maio.

Ocorre em relvados na orla ou no sob coberto de arvoredo, assim como junto de muros, preferencialmente em sítios húmidos e sombrios, sobre substratos ácidos.

Ocorre na região central da Península Ibérica. Em Portugal continental ocorre na Beira Baixa e no Alto Alentejo.

Onde se pode encontrar:

Parque Natural da Serra de São Mamede


Sem ameaças a destacar.

Sem medidas a destacar.

Ligações Externas

Ver descrição detalhada na Flora iberica (1986-2012)

Flora-On: Flora de Portugal Interactiva (2014) | Sociedade Portuguesa de Botânica.

Autor: Jorge Araújo