Nome Científico: Clematis flammula L.

Nome Comum: Capela-de-São-João

Classificação Científica:
Reino Plantae
Divisão Magnoliophyta (Angiospermae)
Classe Magnoliopsida
Ordem Ranunculales
Família Ranunculaceae
Género Clematis
Espécie C. flammula

Estatuto de Conservação: NE - Não Avaliado

Liana perene, caducifólia, sarmentosa, que pode chegar aos 5 m de altura. Ramos: lenhosos (na parte inferior), sarmentosos, maciços. Folhas: opostas, decussadas, bipenatissectas; segmentos peciolados, ovados a oblongo-lineares, inteiros ou trilobados. Inflorescências: panículas grandes e numerosas; flores brancas/branco-amareladas, axilares e solitárias, perianto com 4 a 5 tépalas com até 13 mm, externamente pubescentes e interiormente glabras, elípticas e tomentosas nas margens, receptáculo glabro a escassamente pubescente, estames numerosos, anteras grandes (3 a 4 mm), do tamanho do filete ou maiores, filetes de comprimento variável. Fruto: aquénios terminados em arista comprida e plumosa, prolongados num estilete, ovados e pouco comprimidos. Floresce de Abril a Agosto.

Ocorre em sebes e matagais, assim como nas orlas de bosques perenifólios, até aos 1300 m de altitude.


Distribui-se pela região mediterrânica e Macaronésia. Em Portugal continental ocorre no Baixo Alentejo e, sobretudo, no Algarve. Introduzida no arquipélago dos Açores (Ilha Terceira).



Sem ameaças a destacar.

Sem medidas a destacar.

Ligações Externas

Ver descrição detalhada na Flora iberica (1986-2012)

Flora-On: Flora de Portugal Interactiva (2014) | Sociedade Portuguesa de Botânica.

Autor: Jorge Araújo