Nome Científico: Atriplex halimus L.

Nome Comum: Salgadeira

Classificação Científica:
Reino Plantae
Divisão Magnoliophyta (Angiospermae)
Classe Liliopsida
Ordem Caryophyllales
Família Amaranthaceae
Género Atriplex
Espécie A. halimus

Estatuto de Conservação: NE - Não Avaliado

Arbusto perenifólio erecto, de até 2,5 m. Ramos: numerosos com ritidoma cinzento-esbranquiçado. Folhas: com 4 a 5 cm, alternas, pulverulentas, branco-prateadas, ovado-deltoides ovado-oblongas, subcoriáceas, inteiras ou com alguns dentes na base, pecíolo curto. Inflorescências: espigas terminais; flores amareladas, unissexuais, agrupadas em glomérulos; flores masculinas com 3-5 tépalas pouco evidentes; flores femininas sem tépalas mas com bractéolas rômbico-deltoides; androceu com 5 estames, insertos; gineceu com ovário súpero coroado por 2 estigmas filiformes, e rodeado por 2 bractéolas. Fruto: núcula séssil envolvido por bractéolas frutíferas (valvas) concrescentes até metade, aderentes na base, reniformes, coriáceas, esbranquiçadas. Floresce de Julho a Novembro.

Ocorre nas orlas de sapais, em solos arenosos ou argilosos, algo salgados.

Distribui-se pelo oeste da Península Ibérica, norte de África e pela Macaronésia. Em Portugal continental distribui-se desde o litoral da Estremadura até ao Algarve, com particular incidência no Estuário do Sado. Introduzida no arquipélago da Madeira.

Onde se pode encontrar:

Reserva Natural do Estuário do Sado
Parque Natural do Sudoeste Alentejano e Costa Vicentina


Sem ameaças a destacar.

Sem medidas a destacar.

Ligações Externas

Ver descrição detalhada na Flora iberica (1986-2012)

Flora-On: Flora de Portugal Interactiva (2014) | Sociedade Portuguesa de Botânica.

Autor: Jorge Araújo