Nome Científico: Halimione portulacoides (L.) Aellen

Nome Comum: Gramata-branca, marisma-branca

Classificação Científica:
Reino Plantae
Divisão Magnoliophyta (Angiospermae)
Classe Liliopsida
Ordem Caryophyllales
Família Amaranthaceae
Género Halimione
Espécie H. portulacoides

Sinonímias: Atriplex portulacoides, Chenopodium portulacoides, Halimione portulacoides, Halimus portulacoides, Obione portulacoides

Estatuto de Conservação: NE - Não Avaliado

Arbusto perenifólio de até 1,5 m, lenhoso na base e herbáceo na copa. Ramos: numerosos, prostrados ou erecto-patentes, pulverulento-prateados. Folhas: opostas, inteiras, lanceoladas a obovadas, atenuadas num pecíolo claro, espessas. Inflorescências: glomérulos reunidos em espigas frouxas; flores masculinas com 5 estames hipogínicos, 4 a 5 tépalas aderentes na base; flores femininas sem tépalas mas envolvidas por duas grandes bractéolas, soldadas entre si (excepto no ápice), persistentes; gineceu com dois estiletes filiformes. Fruto: núcula, séssil, envolvido por 2 bractéolas frutíferas, coriáceas, esbranquiçadas, soldadas quase até ao cimo com o ápice livre, trilobadas, com os lobos laterais maiores do que o central. Floresce de Agosto a Setembro.

Ocorre em areias marítimas, sapais, estuários e nas margens de salinas e de rios salgados, sobre solos periodicamente inundados pelas marés.

Distribui-se pelas zonas costeiras da região mediterrânica, do Atlântico Europeu, da América do Norte e da África Austral. Em Portugal continental ocorre ao longo da costa, desde a Beira Litoral até ao Algarve.

Onde se pode encontrar:

Reserva Natural do Estuário do Sado
Parque Natural do Sudoeste Alentejano e Costa Vicentina


Sem ameaças a destacar.

Sem medidas a destacar.

Ligações Externas

Ver descrição detalhada na Flora iberica (1986-2012)

Flora-On: Flora de Portugal Interactiva (2014) | Sociedade Portuguesa de Botânica.

Halimione portulacoides (L.) Aellen ecophysiological response to copper.
Delgado, M. F. C. (2007)

Mercury intracellular partitioning and chelation in a salt marsh plant, Halimione portulacoides (L.) Aellen: Strategies underlying tolerance in environmental exposure.
Válega et al. (2009)

Autor: Jorge Araújo