Nome Científico: Juniperus brevifolia (Seub.) Antoine

Nome Comum: Cedro-das-ilhas, cedro-do-mato, cedro-da-terra

Classificação Científica:
Reino Plantae
Divisão Pinophyta (Gimnospermae)
Classe Pinopsida
Ordem Cupressales
Família Cupressaceae
Género Juniperus
Espécie J. brevifolia

Sinonímias: Juniperus oxycedrus var. brevifolia

Estatuto de Conservação: VU - Vunerável

Trata-se de uma árvore de baixo a médio porte, de copa alargada e irregular. Tronco: retorcido, vai do castanho-avermelhado ao castanho-acinzentado. Folhas: aciculadas, muito pequenas (5,7 mm a 6,5 mm), agrupadas de forma densa e compacta; possuem duas faixas de estomas que são brancas na página superior. Espécie dióica: os estróbilos femininos, após polinização, transformam-se em gálbulas (com 3 sementes), inicialmente verdes, tornando-se castanhas-cobre com a maturação; os estróbilos masculinos são castanho-alaranjados.

Ocorre nos matos costeiros e em matos ou florestas de montanha, sobretudo dos 500 m aos 1500 m de altitude. Trata-se da espécie dominante e caracterizadora das comunidades da floresta húmida natural de altitude (floresta-de-nuvens) nativa do arquipélago dos Açores.

Endémica do arquipélago dos Açores. Ocorre em todas as ilhas do arquipélago à excepção da ilha Graciosa.

> Expansão da área agrícola
> Impacte da pecuária e da silvicultura sobre a espécie
> Competição de espécies exóticas

Espécie listada no Anexo I da Convenção sobre a Vida Selvagem e os Habitats Naturais na Europa (Convenção de Berna).

> Manutenção e restauração do habitat
> Reforço das populações
> Estabelecimento de corredores
> Controlo das espécies invasoras
> Restrições de acesso a áreas sensíveis para a espécie
> Desenvolvimento de planos de recuperação regional

Ligações Externas

Ver descrição detalhada na Flora iberica (1986-2012)
Género Juniperus

Flora-On: Flora de Portugal Interactiva (2014) | Sociedade Portuguesa de Botânica.

SIARAM | Sentir e interpretar o ambiente dos Açores
Ficha do Juniperus brevifolia

Arbuscular mycorrhizal fungal community composition associated with Juniperus brevifolia in native Azorean forest.
Melo et al. (2017)

Studies in the lichens of the Azores. Part 5: a comparison between the lichen floras associated with Juniperus brevifolia in relict woodland in selected sites on Terceira and Flores.
Purvis et al. (1998)

Autor: MVBIO