Nome Científico: Lestes barbarus (Fabricius, 1798)

Nome Comum: Lestes-mourisco

Classificação Científica:
Reino Animalia
Filo Arthropoda
Classe Insecta
Ordem Odonata
Família Lestidae
Género Lestes
Espécie L. barbarus

Sinonímias: Agrion barbara, Lestes nympha

Estatuto de Conservação: LC - Pouco Preocupante

Trata-se de uma libelinha que atinge os 45 mm de comprimento e os 27 mm de envergadura. Na cabeça, destacam-se as manchas amarelas na parte posterior; olhos esverdeados. O tórax tem uma coloração esverdeada, com listras verde-metalizadas. Os machos podem apresentar uma pruína azulada no 10º segmento abdominal (S10). As asas são transparentes com pterostigmas bicolores, metade escuros e metade esbranquiçados. Patas amareladas. As fêmeas são mais robustas. Apesar de ter maiores dimensões, esta espécie pode ser confundida com a Lestes virens, contudo, a fêmea desta última tem o valvifer (zona inferior do segmento S9) pontiagudo, enquanto que a L. barbarus tem o valvifer arredondado.

Ocorre em habitats terrestres de água doce, preferencialmente em lagoas, lagos ou charcos temporários, assim como em sistemas aquáticos com grande variação de caudal.

Espécie bastante dispersa em Portugal continental, porém, com forte ocorrência a norte do rio Tejo.

Onde se pode encontrar:

Parque Nacional da Peneda-Gerês
Parque Natural de Montesinho
Parque Natural do Vale do Guadiana
Parque Natural da Serra de São Mamede
Parque Natural do Sudoeste Alentejano e Costa Vicentina


Sem ameaças a destacar.

Sem medidas a destacar.

Ligações Externas

Fauna Europaea | All European Animal Species Online
Distribuição da Lestes barbarus

Mapa de avistamentos
iNaturalist.org

Autor: Eunice Venâncio