Nome Científico: Crocothemis erythraea (Brullé, 1832)

Nome Comum: Libélula-escarlate

Classificação Científica:
Reino Animalia
Filo Arthropoda
Classe Insecta
Ordem Odonata
Família Libellulidae
Género Crocothemis
Espécie C. erythraea

Sinonímias: Libellula erythraea, Crocothemis coccinea, C. lorti, C. victoria

Estatuto de Conservação: LC - Pouco Preocupante

Libélula com tamanho variável, sendo que os adultos podem ultrapassar os 40 mm de comprimento, e atingir os 33 mm de envergadura de asa. Os machos maduros são robustos e vermelhos-escarlate (tórax, abdómen e patas); os olhos são vermelhos com a parte inferior azulada. As fêmeas e os imaturos são castanho-amarelados ou dourados, podendo apresentar uma linha negra abdominal (vista dorsal). O abdómen é largo e achatado. Os dois pares de asas apresentam nervuras anteriores vermelhas e pterostigmas longos, castanho-amarelados. A base das asas posteriores apresentam manchas basais bastante características, que são laranjas no macho e amarelas/âmbar na fêmea. Voam de Fevereiro a Novembro.

De grande plasticidade ecológica, ocorre numa ampla gama de habitats aquáticos (lóticos e lênticos), preferencialmente em ecossistemas lênticos ou com pouca corrente. As larvas encontram-se em águas com pouca profundidade, estagnadas ou eutróficas, desde que que não estejam sombreadas. Os adultos podem ser encontrados a alguma distância da água.

Espécie comum e largamente distribuída em Portugal continental, assim como na região mediterrânea. Ocorre em toda a área do território nacional continental, até aos 1300 metros de altitude.

Onde se pode encontrar:

Parque Natural do Sudoeste Alentejano e Costa Vicentina
Reserva Natural do Estuário do Sado
Parque Natural do Vale do Guadiana
Parque Nacional da Peneda-Gerês
Parque Natural da Serra de São Mamede
Parque Natural de Montesinho



Sem ameaças a destacar.

Sem medidas a destacar.

Ligações Externas

MITRA nature | ICAAM - Universidade de Évora
Biodiversidade da Herdade da Mitra

Fauna Europaea | All European Animal Species Online
Distribuição da Crocothemis erythraea

Mapa de avistamentos
iNaturalist.org

Autor: MVBIO e Beatriz Bispo; Jorge Araújo